Cinco cidades do Piauí já retomaram atividades comerciais

Cinco cidades do Piauí já retomaram atividades comerciais

Pelo menos 5 cidades do Piauí retomaram as atividades comerciais após meses de restrições para evitar a disseminação do coronavírus. Grandes cidades como Picos e Floriano flexibilizaram o retorno nesta segunda-feira (8). Paulistana reabriu o comércio há uma semana, no dia 1º de junho. Nesta terça-feira (9) será a vez de Campo Maior.

"Tivemos uma reunião no sábado e lá ficou decidido que o governo prorrogaria até o dia 22 a quarentena com a flexibilização. A APPM vai sugerir que os municípios sigam o decreto. Estamos orientando os municípios a seguir", disse o presidente da APPM, Jonas Moura, que também é prefeito de Água Branca.

Em Floriano, por exemplo, voltaram a funcionar o comércio varejista, atacadista de bens e serviços, lojas de departamentos especializados, estabelecimentos de estética e beleza; construção civil; indústria de transformação; lojas do shopping, dentre outros.

"Esses que voltaram têm seus dados para tomar esses parâmetros. São casos esporádicos, mas eu acredito que a grande maioria dos municípios vá aguardar até o dia 22, até mesmo para ver como fica a questão dos leitos", afirmou o presidente da APPM.

O prefeito de Campo Maior disse que o município não está na lista dos dez mais infectados e, por conta disso, já poderia iniciar a flexibilização.

"Não estamos entre os 10 proporcionalmente mais infectados. Estamos na 4ª posição em número de recuperados, mas queremos dizer para que funcione é necessário contar com os empresários cumprindo as medidas e contar com o apoio da população", disse o prefeito José de Ribamar Carvalho, o professor Ribinha.

Quem também está retomando as atividades comerciais é São João do Piauí, a 483km ao Sul de Teresina. Por lá voltaram a abrir nesta segunda, lojas de confecção, eletrodomésticos, óticas, utilidades do lar e material de construção.

"Iniciamos uma retomada suave. Bares, restaurantes, academias, salões e igrejas ainda fechados", disse o prefeito Gil Carlos.

Teresina sem data para  retorno

A Prefeitura de Teresina não seguirá o Pacto de Retomada Organizada Pró-Piauí, anunciado pelo Governo do Estado. O secretário municipal de Governo, Fernando Said, afirma que as atividades só serão retomadas quando houver segurança e controle no número de casos do coronavírus na capital.

A Prefeitura não tem nenhuma previsão de data, de prazo. Nós só iremos fazer qualquer manifestação a respeito de abertura quando nós tivermos a absoluta segurança e o controle dos dados da doença em Teresina. Não anunciar flexibilização daqui, flexibilização dali sem a segurança necessária para garantirmos a volta das nossas atividades econômicas; todos nós acreditamos que esteja bem próximo. Nós queremos fazer algo solidez, com segurança", disse.

Hérlon Moraes
herlonmoraes@cidadeverde

0/Post a Comment/Comments

Obrigado por efetua seu comentário, ele será lido e se aprovado será publicado em imediato.

Postagem Anterior Próxima Postagem