2 mil piauienses não provam que estão vivos e podem perder benefícios - Notícias de Barras e toda a região norte do Piauí

Top Ad unit 728 × 90

Agora

recent

2 mil piauienses não provam que estão vivos e podem perder benefícios

Informações concedidas pelo Instituto Nacional de Seguridade Social (INSS) indicam que cerca de 2 mil beneficiários piauienses ainda não deram prova de vida e estão suscetíveis a perder benefícios. Desde 2012, os segurados do INSS devem comprovar que estão vivos para manter o benefício ativo. O procedimento é obrigatório para todos que recebem seus pagamentos por meio de conta corrente, conta poupança ou cartão magnético e tem por objetivo dar mais segurança ao cidadão e ao Estado brasileiro, pois evita pagamentos indevidos de benefícios e fraudes.

No Piauí, os municípios com o maior número de entes que ainda não deram a prova são: Teresina, com 484 casos; Picos, com 148 e Parnaíba com 146. Ainda se destacam São Raimundo Nonato, Campo Maior, Água Branca e Valença do Piauí.

Dos mais de 34 milhões de beneficiários, em dezembro, apenas 132 mil ainda não compareceram aos bancos pagadores há mais de doze meses da última comprovação para realizar o procedimento. Os bancos têm feito comunicados por meio de mensagens informativas, disponibilizadas nos seus caixas eletrônicos e sites na internet.

No primeiro semestre do ano passado, 10,3 mil piauienses chegaram a ter o benefício suspenso por não cumprir com a regra.

Fonte: Meio Norte

2 mil piauienses não provam que estão vivos e podem perder benefícios Reviewed by Juraci Silva on 08:42 Rating: 5

Nenhum comentário:

Obrigado por efetua seu comentário, ele será lido e se aprovado será publicado em imediato.

Todos os direitos reservado por Notícias de Barras e toda a região norte do Piauí © 2013 - 2018
Powered By Deigners, Designed by Sweetheme

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.