Júlio César quer reduzir criminalidade com o fundo de segurança - Notícias de Barras e toda a região norte do Piauí

Top Ad unit 728 × 90

Agora

recent

Júlio César quer reduzir criminalidade com o fundo de segurança


O deputado federal Júlio César, como coordenador da bancada nordestina, quer agilizar a tramitação do projeto que cria o fundo de segurança pública. Segundo o deputado, serão mais de 300 milhões de reais por ano para o Piauí que serão usados para comprar viaturas, armamento, coletes, equipamentos e melhoria nos salários dos policiais para reduzir os índices de criminalidade e melhorar a segurança da população.
“Um dos problemas mais visíveis na área de segurança pública é a falta de recursos para combater o crime. A União deveria promover a redistribuição dos recursos arrecadados. São R$ 8 bilhões que devem ser distribuídos com os estados”, explicou o deputado. A proposta do deputado Júlio César destina 2% da arrecadação do Imposto de Renda (IR) e do Imposto sobre Produto Industrializado (IPI), que representa R$ 8 bilhões, para ser aplicado no Fundo Constitucional de Segurança Pública. O deputado Júlio César afirmou que a criação deste fundo pode financiar as ações na segurança pública, já que a violência é uma das maiores preocupações da população brasileira. “Propusemos esse fundo nacional de Segurança Pública, porque já tem o fundo para Educação e para a Saúde, mas não tem para a Segurança”, alegou Júlio César. “Criando esse fundo para a segurança pública, vamos resolver um dos maiores problemas dos brasileiros. O povo está se sentindo inseguro”, finalizou o deputado Júlio César.
Júlio César quer reduzir criminalidade com o fundo de segurança Reviewed by Juraci Silva on 10:47 Rating: 5

Nenhum comentário:

Obrigado por efetua seu comentário, ele será lido e se aprovado será publicado em imediato.

Todos os direitos reservado por Notícias de Barras e toda a região norte do Piauí © 2013 - 2018
Powered By Deigners, Designed by Sweetheme

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.