Mulher que foi morta pelo esposo era mantida em cárcere privado no Piauí

Mulher que foi morta pelo esposo era mantida em cárcere privado no Piauí

Um assassinato foi registrado nas primeiras horas de 2018. O crime aconteceu na Vila Palitolândia, zona Sul de Teresina. A vítima identificada como, Carla Eugênia de Almeida, de 28 anos, foi morta com um golpe no rosto e o principal suspeito é seu companheiro identificado como Emanuel Oliveira, de  37 anos.


De acordo com informações do sargento Nonato, da 2° Companhia Independente do Promorar, tudo aconteceu na hora dos fogos de virada do ano. “Nós estávamos ontem na região e fomos solicitados tendo em vista que ele já tinha tentado fugir. Fomos informados que ela estava com o filho do casal - uma criança de 1 ano e dois meses - no braço quando ele chegou jogando a criança no chão e desferindo-lhe vários golpes. A criança está com pequenos hematomas na cabeça, pelo que disse os médicos. A população tentou linchá-lo e tivemos que agir rápido”, disse.


Ainda segundo a polícia, droga foi encontrada dentro da residência do acusado. “Ele já tinha dito para terceiros que ia na casa dela para cometer o crime que cometeu. Vizinhos contaram que ela era proibida de falar, inclusive a mãe falou com a gente que não sabia pelo que a filha passava”, afirmou o sargento.

“Eu nunca soube de nada, ela apareceu lá em casa no ano passado com a meninazinha, dizendo que era filha dela, disse que ele era muito bom para ela, que não deixava faltar nada em casa. Amarga ela foi a vida toda, mas nunca disse nada, eu acredito que ela era usuário de drogas, eu não conheço ele, nunca vi, eu não sei dizer quanto tempo eles estavam juntos”, declarou a mãe da vítima.

Segundo o sargento Nonato, Carla já tinha várias pequenas perfurações pelo corpo todo. “Ele já maltratava ela há muito tempo e agora conseguiu matá-la quebrando parte do crânio primeiro e logo em seguida o pescoço. Ele disse que ia assumir o crime que cometeu e no final acabou revelando que era droga e ciúme”, disse.

Fonte: meionorte

0/Post a Comment/Comments

Obrigado por efetua seu comentário, ele será lido e se aprovado será publicado em imediato.

Postagem Anterior Próxima Postagem