Grávida é brutalmente morta a facadas após recusar sexo com ex-marido

Grávida é brutalmente morta a facadas após recusar sexo com ex-marido

A dona de casa Natália Maria Soares da Costa, de 26 anos, que estava grávida de seis meses, foi assassinada a facadas, na noite de quinta 25/01, em Guadalupe (345 km de Teresina).


O subtenente Francisco Moraes, da 2ª Companhia do 10º Batalhão da Polícia Militar, afirmou que o suspeito pelo assassinato é um ex-companheiro, com quem a vítima recusou manter relações sexuais. Ele está sendo procurado pelos policiais.

Segundo o subtenente Francisco Moraes, Natália Maria Soares da Costa, foi se encontrar com ex-companheiro e ele teria tentado manter relação sexual com ela, que não aceitou. Segundo o subtenente Francisco Moraes, durante uma discussão, o ex-companheiro desferiu seis golpes de faca contra Natália Maria Soares da Costa.Um dos cortes atingiu uma artéria da perna da vítima e em questão de 20 minutos, após chegar no Hospital de Guadalupe, ela morreu.

Natália Maria Soares da Costa deu entrada no Hospital de Guadalupe às 22h25, pouco antes de morrer. A Polícia Civil está investigando o feminicídio em Guadalupe. O acusado mora em povoado rural do município de Nova Área, a 15 quilômetros de Guadalupe.

MN

0/Post a Comment/Comments

Obrigado por efetua seu comentário, ele será lido e se aprovado será publicado em imediato.

Postagem Anterior Próxima Postagem