Mais de 29 mil famílias podem perder Bolsa Família no Piauí

Mais de 29 mil famílias podem perder Bolsa Família no Piauí

Mais de 29 mil famílias beneficiárias do Programa Bolsa Família em Teresina têm até o dia 10 de dezembro para atualizar os dados referentes à saúde. A não atualização pode gerar o cancelamento do auxílio. De acordo com o último levantamento divulgado pela Secretaria Municipal de Cidadania, Assistência Social e Políticas Integradas (SEMCASPI), 10 mil famílias já atualizaram os dados, mas 29.916 ainda não fizeram a atualização em Teresina.


Para garantir o recebimento do benefício social, todas as famílias assumem o compromisso de realizar acompanhamentos de saúde, como o cartão de vacinação, serviços de pré-natal e saúde do bebê.

“É importante que as famílias compareçam com urgência as Unidades Básicas de Saúde (UBS). Elas receberão o cartão de acompanhamento do Programa Bolsa Família, que é um registro e respaldo, dentro do projeto, de que estão fazendo o acompanhamento. A intenção do acompanhamento relacionado à saúde é garantir uma proteção relacionada a esse aspecto, melhorando a qualidade de vida”, aponta Luiza de Marilac, gerente de Renda Mínima e Benefícios da Semcaspi.

É necessário que as famílias procurem o Agente Comunitário de Saúde ou UBS de sua região. Devem comparecer as crianças menores de 7 anos, as mulheres de 14 a 44 anos e também as gestantes ou nutrizes. Os beneficiários devem levar o cartão do Bolsa Família, a Caderneta de Vacinação das crianças e, caso haja, das gestantes.

Além da saúde, também devem ser atendidas condicionalidades de assistência social e educação. Na primeira, observa-se a frequência nos Serviços de Convivência e Fortalecimento de Vínculos (SCFV). E na educação, acompanha-se o desempenho nas atividades escolares e a frequência escolar por parte das crianças e dos adolescentes.

0/Post a Comment/Comments

Obrigado por efetua seu comentário, ele será lido e se aprovado será publicado em imediato.

Postagem Anterior Próxima Postagem