Top Ad unit 728 × 90

recent

Finada Alda: a maior representante barrense da fé popular


Veja a história da alma milagrosa contada por Ducarmo Rufino:





Alda Rodrigues era NOIVA VIRGEM, uma menina, morava com minha Tiazona "Dita", quando todos os domingos passava muita gente indo e vindo da "missa dominical". Um certo dia foi especial e com final muito triste....vi quando os noivos passaram a cavalo com toda uma comitiva festejando-os....uma alegria, conversas nas alturas, foguetes, e o trote dos cavalos nos paralepípedos...daí a uns poucos minutos depois...a notícia fatídica...a noiva teria morrido...um carro, um cavalo, um abalroamento, não sei se ónibus, expresso, pau de arara, não recordo...só sei que eu como criança achei uma fatalidade e ouvia os adultos falarem muito das vestes brancas da noiva e de sua candura... e ainda hoje ELA é visitada, velada... ganhou uma capelinha de nosso grande amigo Uchôa e muitos dizem ser um alma milagrosa.

Estou falando de: "A Virgem Alda". Quem souber de algum milagre comprovado... ou de mais detalhes dessa história, conte nesse tópico, agradeço antecipadamente."

O trágico acidente:

O acidente aconteceu em 09.07.1961. Após a cerimonia de casamento, a noiva era conduzida por um grupo de cavaleiros de volta ao seio familiar, em que se festejaria a nova vida que iniciava. Na altura da Ponte do Pesqueiro, o destino da recém-casada se transformaria. Colhida por ónibus, ela teria morte imediata. Desesperados,  o esposo e os acompanhantes nada puderam fazer a não ser chorar. Essa é a história de Alda Rodrigues, a finada Alda, cujo drama de vida e a devoção dos moradores de Barras, no Piauí, tornaram-na um símbolo da fé. 

Fonte: Dilson Lages
Finada Alda: a maior representante barrense da fé popular Reviewed by J Silva on 10:30 Rating: 5

Nenhum comentário:

Obrigado por efetua seu comentário, ele será lido e se aprovado será publicado em imediato.

Tecnologia do Blogger.