Top Ad unit 728 × 90

recent

Prefeito não efetiva aprovados em concurso e crianças da zona rural de Barras, sofrem as consequências

De acordo com os vereadores, a palavra incoerência, retrata claramente o inicio da administração Carlos Monte, na cidade de Barras. Os aprovados no ultimo concurso publico de 2016, buscaram na justiça o direito de serem efetivados, mesmo assim, o prefeito se nega a efetivar tais aprovados e convocou apenas uma parte dos aprovados para trabalhar por meio de contratos temporários

Os aprovados, cientes de seus direitos, já que lograram êxito no concurso, não estão aceitando tal contrato temporário, pois querem ser efetivados e afinal, quem é aprovado em um concurso, tem todo esse direito.
Baseando-se claramente em interesses puramente políticos, Carlos Monte, esta deixando em segundo plano os interesses da população que o elegeu, ao não efetivar tais aprovados e assim esta prejudicando vários alunos da zona rural de nossa cidade. Varias escolas na atual gestão, estão funcionando de forma precária no interior de Barras.
Pra completar, mesmo já havendo no município uma lei que torna possível a contratação de serviços prestados, lei essa que já foi usada por diversos outros prefeitos que passaram pela Casa Rosada, e que também esta sendo usada atualmente, Carlos Monte, envia a câmara um projeto de lei, alegando que quer legalizar as contratações de serviços prestados pela prefeitura. Dá pra entender? questiona o vereador Mauricio Rego.
Se a lei de contratações de serviços prestados já existe ha anos em nossa cidade, pra que aprovar outra lei cujo o propósito é o mesmo? Diante da existência de tal lei, a aprovação de sua cópia, foi logicamente reprovada pelos vereadores, afirmou Irlandio Sales.
Agora os assessores de imprensa da atual gestão, jogam para a platéia, de que as aulas na zona rural não começaram pela não aprovação de tal lei, mais esquecem, ou melhor escondem a informação verídica, de que o prefeito já fez e pode sim fazer contratações, afinal a lei já existe, e ele como ninguém, sabe bem disso.
Enquanto perde tempo questionando a aprovação ou não de uma lei que já existe no município, o prefeito e sua equipe deveria era efetivar tais aprovados no concurso publico de 2016, pois ao se negar a efetivar tais aprovados, esta prejudicando diretamente as nossas crianças e a educação de nossa terra, é o que afirmam os vereadores da base oposicionista.
O tempo está passando. Não adianta, o atual gestor, tentar tapar o sol com uma peneira e jogar pra cima dos outros um problema que só compete a si mesmo resolver, disparou o vereador Antonio Leite

Prefeito não efetiva aprovados em concurso e crianças da zona rural de Barras, sofrem as consequências Reviewed by J Silva on 13:30 Rating: 5

Nenhum comentário:

Obrigado por efetua seu comentário, ele será lido e se aprovado será publicado em imediato.

Tecnologia do Blogger.