Top Ad unit 728 × 90

recent

Putin sanciona lei que garante o direito aos maridos de agredirem suas mulheres e filhos

O atual presidente da Rússia, Vladimir Putin, aprovou a lei que assegura o direito dos maridos russos baterem em suas mulheres e filhos um vez por ano. As penas graves só serão aplicadas para a segunda agressão ou nos crimes que provoquem fraturas ósseas, ou seja, o marido que agredir pela primeira no período de 12 meses e que causar apenas sangramento terá que pagar apenas uma multa ou ficar preso durante 15 dias.

A nova lei tramitou nas duas casas do Congresso russo e levantou uma intensa discussão mundial. O argumento principal dos defensores da lei é que da forma que estava era mais grave agredir um filho ou a esposa do que num vizinho ou num desconhecido.
Até a Igreja Ortodoxa se manifestou a favor da sanção da lei. Confirmando que a agressão doméstica é aceitável na Rússia, mostrando também ser algo cultural. “Tem coisas acontecendo na Europa do Norte que nem Hitler teria sonhado”, disse o chefe da comissão de assuntos familiares do Patriarcado Ortodoxo Russo, padre Dmitry Smirnov. Para os russos, não sancionar essa lei seria como “ceder à pressão” ocidental.
Segundo o jornal inglês The Guardian, surgiram todos os tipos de opinião pelo país durante o processo de tramitação da lei. Um tabloide publicou que as mulheres que eram agredidas deveriam ficar orgulhosas pois de acordo com “estudos científicos” elas teriam maiores chances de dar à luz a meninos.
Não seria um retrocesso na luta pela igualdade e respeito ao sexo feminino?

Fonte: Com informações do jornal The Guardian
Putin sanciona lei que garante o direito aos maridos de agredirem suas mulheres e filhos Reviewed by J Silva on 16:45 Rating: 5

Nenhum comentário:

Obrigado por efetua seu comentário, ele será lido e se aprovado será publicado em imediato.

Tecnologia do Blogger.