Top Ad unit 728 × 90

recent

Diretora do Areolino de Abreu é presa no hospital por morte de PM; caso envolve chantagem, sexo, traição e corrupção




A diretora do Hospital Areolino de Abreu, Maria Ocionira Barbosa, foi presa dentro do hospital onde trabalhava na tarde desta sexta-feira (16). Ela é acusada de ser co-autora intelectual do homicídio do cabo da Polícia Militar, Claudemir de Sousa.
Maria Ocionira e cabo ClaudemirMaria Ocionira e cabo ClaudemirFoto: Reprodução/Whtas app
Segundo o delegado do Grupo de Repressão e Combate ao Crime Organizado (Greco), Gustavo Jung, além das sete pessoas que foram presas, agora mais dois suspeitos foram indiciado. 

Uma delas é a diretora administrativa do Hospital Areolino de Abreu, Maria Ocionira Barbosa, apontada como pivô do crime, e um homem identificado como Wagner Falcão, instrutor de autoescola. A pivô do crime também passou a ser considerada mandante do assassinato do cabo Claudemir.

Wagner Falcão é amigo do mandante do crime, o funcionário da Infraero, Leonardo Ferreira Lima, e tinha conhecimento de todos os detalhes de como seria a morte do cabo.
Segundo o delegado Gustavo Jung, responsável pelas investigações, no depoimento de Maria Ocionira Barbosa havia declarações contraditórias, o que levou a conclusão de que ela mantinha um relacionamento amoroso tanto com o cabo quanto com Leonardo Ferreira Lima.

Fonte: Piauíhoje.com

Diretora do Areolino de Abreu é presa no hospital por morte de PM; caso envolve chantagem, sexo, traição e corrupção Reviewed by J Silva on 17:57 Rating: 5

Nenhum comentário:

Obrigado por efetua seu comentário, ele será lido e se aprovado será publicado em imediato.

Tecnologia do Blogger.