Top Ad unit 728 × 90

recent

Perícia Criminal de Picos irá funcionar em prédio da Uespi

O secretário Estadual de Segurança Pública, Fábio Abreu, e o reitor da Universidade Federal do Piauí, Nouga Batista, assinaram nesta quarta-feira (13), convênio de cooperação técnico-científica, onde a Uespi doa para SSP parte de um prédio na cidade de Picos.
Com assinatura do convênio, a Secretaria de Segurança irá transferir o Instituto Médico Legal da cidade de Picos, que estava funcionando provisoriamente Hospital Regional Justino Luz, para o antigo campus da Uespi. Em contrapartida, a Uespi os estudantes da área de saúde poderão estagiar nos IMLs.
Assinatura do convênio entre Uespi e SSP( Foto: Tavynho Neto/Ascom SSP)
“No mundo todo e em alguns estados do brasileiros, a academia é parceira da Policia Científica. Com esse convênio, estreitamos esses laços. A Perícia Criminal de Picos irá ocupar parte de um prédio onde funcionou o antigo campus da Uespi. Nesse espaço, vão ser feitos as perícias, as custódias de vestígios. A perícia também vai poder trabalhar em parceria com os professores e estudantes para resolver alguns casos específicos. Nós, da Perícia, estaremos de portas abertas para receber professores e alunos seja para estagiar ou para desenvolver algum tipo de pesquisa de mestrado, doutorado ou até mesmo de conclusão de curso”, explicou o diretor do Departamento de Polícia Técnico Científica da Polícia Civil do Piauí, o médico legista Antônio Nunes.

O secretário de Segurança, Fábio Abreu, disse que a parceria é muito importante para população de Picos, comunidade acadêmica da cidade e a população de modo geral. “Esse convênio é muito importante. Primeiro, porque teremos um espaço físico adequado para o funcionamento da Pericia, do IML e de todo sistema. Segundo, daremos a possibilidade ao aluno de ter o ensinamento em loco da parte de necropsia, por exemplo. Esse conhecimento, entendemos ser fundamental para a vida de cada estudante após sua formação. Por parte da Secretaria, essa parceria vai nos possibilitar ter um local adequado para todas as instalações do IML, com equipamentos modernos. Toda estrutura necessária para que a perícia funcione em Picos, sem que os corpos tenham que vir à Teresina, caso precise fazer algum exame. Tudo vai ser feito lá. Com isso, teremos mais agilidade na liberação dos corpos”, ressaltou.
Já o reitor da Universidade Estadual, Nouga Batista, acrescentou que a parceria irá potencializar a formação dos estudantes da instituição. “A Universidade está responde positivamente a uma perspectiva dada pelo Governador do Estado de que os diferentes entes da administração direta e indireta procurem trabalhar em conjunto as ações de atendimento a população e no dia de hoje a gente tá consolidando mais uma vez aquilo que é a orientação do governador. Não tenho dúvida, que a execução do termo desse convênio vai trazer um uma agilidade a Pericia e uma solidez de formação dos acadêmicos da Uespi”, destacou.
O convênio tem a duração de dois anos e prevê ainda a doação de cadáveres para a Uespi. “Essa doação de cadáveres já é feito em muitos estados, no Piauí já aconteceu, mas o convênio venceu e agora através dessa parceria a Uespi pode requisitar essa doação para qualquer campus. Estão aptos para ser destinados à pesquisa os corpos de falecidos, que se encontram no IML, que não têm identificação ou que não tem documentos, e que não são buscados pelos parentes ”, informa Antônio Nunes.
Perícia Criminal de Picos irá funcionar em prédio da Uespi Reviewed by Portal Visão Piauí on 15:11 Rating: 5

Nenhum comentário:

Obrigado por efetua seu comentário, ele será lido e se aprovado será publicado em imediato.

Tecnologia do Blogger.